Polícia apreende papel higiênico e fraldas em Caracas

A polícia de Caracas anunciou ontem a apreensão de 2,5 mil rolos de papel higiênico, 400 fraldas e 7 mil litros de suco de frutas em um depósito clandestino. O governo acusa opositores de esconderem produtos básicos para agravar a escassez que atinge os supermercados venezuelanos. Economistas responsabilizam as políticas de preços e de câmbio do governo pela falta de produtos. Além de materiais de higiene, itens como açúcar, leite, óleo de cozinha e farinha de trigo estão constantemente em falta. Desde que assumiu o poder, em abril, o presidente Nicolás Maduro já anunciou acordos de emergência com Bolívia e Nicarágua para receber carregamentos de alimentos, tentando aliviar a crise. / AP

O Estado de S.Paulo

31 de maio de 2013 | 02h02

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.