Reprodução/9news.com.au
Reprodução/9news.com.au

Polícia australiana investiga fuga de adolescente de 12 anos para Bali

Adolescente deixou a casa da família, em Sydney, após discussão com a mãe e voou para a cidade de Perth, no oeste do país, de onde seguiu para a cidade indonésia; família pede controle mais rígido para viagens aéreas de menores

O Estado de S.Paulo

24 Abril 2018 | 11h03

SYDNEY, AUSTRÁLIA - A polícia da Austrália investiga como um adolescente de 12 anos conseguiu viajar sozinho até a ilha indonésia de Bali e permanecer por quatro dias em um complexo turístico usando o cartão de crédito de seus pais.

O ponto turístico mais improvável da Austrália: um local de teste de bombas atômicas

O menino fugiu de casa em Sydney após uma discussão com a mãe. Ele viajou primeiro a Perth, cidade da região oeste da Austrália, em um voo da companhia de baixo custo Jetstar e depois seguiu para Bali, informou o Channel Nine.

"Ele não gosta da palavra 'não' e isso é o que eu tenho, um filho da Indonésia", afirmou a mãe, Emma, ao Channel Nine na segunda-feira à noite. "É muito fácil. Há um problema em nosso sistema", completou, antes de pedir controles mais rígidos para as viagens aéreas de menores de idade.

A família visitou Bali durante as férias e Emma disse que o filho já havia tentado reservar voos para a cidade, mas que as companhias aéreas rejeitaram porque ele não tinha uma carta dela o autorizando.

Na Austrália, para crianças de 5 aos 11 anos é necessário reservar uma passagem para menores não acompanhados, enquanto para adolescentes de 12 aos 15 anos o governo exige uma carta de permissão dos pais ou tutores. / AFP

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.