Polícia australiana usará rastreador na internet para pedófilos

Mecanismo permitirá aos agentes buscar e compartilhar informações sobre suspeitos com outros países

Efe,

07 de março de 2008 | 04h14

A Polícia Federal australiana usará um novo rastreador on-line que ajudará na busca por pedófilos na internet, anunciou nesta sexta-feira, 7, o principal responsável do corpo, Mick Keelty.   O mecanismo permitirá aos agentes buscar, analisar e armazenar grandes quantidades de informação sobre suspeitos e compartilhar seus dados com agências de outros países e a Interpol, acrescentou o comissário, segundo a rádio ABC. "Queremos evitar que essa gente publique essas fotos por todo o mundo", disse Keelty.   No final de 2007, 31 pessoas foram detidas em uma das maiores operações contra a pederastia no país, na qual confiscaram mais de um milhão de imagens pornográficas de crianças e adolescentes. Cidadãos australianos são regularmente presos por crimes de pedofilia nos países do Sudeste Asiático, tradicional paraíso dos pedófilos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.