THIERRY ROGE/AFP
THIERRY ROGE/AFP

Polícia belga libera três detidos por supostos planos de atentados em Bruxelas

Indivíduos presos na última quinta-feira estariam envolvidos em planejamento de possível ataque a policiais e militares na capital do país europeu; outros dois homens permanecem sob custódia

O Estado de S.Paulo

01 Janeiro 2016 | 16h43

BRUXELAS - Três indivíduos detidos na última quinta-feira, 31, em conexão com um suposto plano para atacar policiais e militares na capital belga, Bruxelas, foram soltos após interrogatório, segundo o Ministério Público do país.

Apenas dois homens acusados de planejar os ataques permanecem sob custódia como parte das investigações. Os suspeitos negam as acusações.

As autoridades belgas afirmaram no começo da semana que frustraram planos para um atentado durante as celebrações do réveillon em Bruxelas. O prefeito da capital suspendeu a queima de fogos de artifício em meio às dificuldades da situações de segurança. As celebrações informais para o ano-novo aconteceram sem maiores incidentes. / Dow Jones Newswires

Mais conteúdo sobre:
Ministério Público Bélgica Terrorismo

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.