Polícia britânica detém 14 suspeitos de terrorismo

Pelo menos 14 pessoas foram detidas na Madrugada deste sábado (horário local) em várias operações antiterroristas no sul e leste deLondres, informou a Scotland Yard. Os suspeitos foram detidos por agentes da brigada antiterrorista da Scotland Yard. Eles são suspeitos de cometer, preparar ouincentivar atos terroristas, de acordo com a Lei Antiterrorista de 2000, segundo a polícia. A Scotland Yard explicou que as operações não estão relacionadas com o suposto complô para derrubar aviões em vôo do Reino Unido aosEstados Unidos, desarticulado no dia 10 de agosto. As detenções também não têm ligação com os atentados de 7 de julho de 2005 contra a rede de transporte de Londres, que fizeram 56 mortes. Um porta-voz da Scotland Yard limitou-se a dizer que a ação foi resultado de "muitos meses de vigilância e investigação". Segundo a rede BBC, uma das operações teve como alvo um restaurante chinês em Borough Road (sul de Londres), perto da sede da South Bank University. Cerca de 40 agentes invadiram o restaurante, que estava lotado, disse a BBC, acrescentando que no local foram detidasvárias pessoas. Os 14 supostos terroristas foram levados a uma delegacia do centro de Londres, onde serão interrogados. Segundo a nova legislação antiterrorista britânica, que entrou emvigor este ano, a polícia dispõe de um prazo máximo de 28 dias, desde o momento da detenção, para interrogar os suspeitos. Ao fim doperíodo, deve apresentar uma acusação formal ou soltar os detidos. Uma porta-voz oficial comentou que o ministro do Interior, John Reid, foi "completamente informado do desenvolvimento da operaçãoantiterrorista".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.