Polícia britânica indicia ex-motorista por mortes de prostitutas

A polícia britânica acusou o ex-motorista de caminhão Stephen Wright, de 48 anos, do assassinato de cinco prostitutas na cidade de Ipswich, no leste da Grã-Bretanha.Os corpos nus das cinco mulheres haviam sido encontrados jogados em diversos pontos nos arredores de Ipswich ao longo de 11 dias no início deste mês. As mortes foram comparadas pela mídia local ao célebre caso de ?Jack, o Estripador?. Wright havia sido detido na terça-feira, em sua casa, em Ipswich. Ele é acusado do assassinato de Gemma Adams, 25 anos, Anneli Alderton, 24, Tania Nicol, 19, Paula Clennell, 24, e Annette Nicholls, 29.Um outro homem, que havia sido detido anteriormente e interrogado pela polícia por vários dias, foi solto sob fiança. Segundo o detetive Stewart Gull, que comanda as investigações, esse homem deverá ficar à disposição da polícia para futuros interrogatórios."Foram feitas investigações e interrogatórios significativos durante o tempo em que os dois homens permaneceram presos", afirmou Gull. "Como resultado, Stephen Wright, de Ipswich, foi acusado do assassinato das cinco mulheres."Os policiais que investigam o caso afirmaram que Wright deverá aparecer diante de um juiz nesta sexta-feira. A polícia ressaltou que as investigações devem continuar. "Vamos manter este caso sob constante revisão conforme as investigações se desenvolverem", disse o detetive Gull.A série de crimes provocou uma das maiores caçadas policiais da Grã-Bretanha, envolvendo cerca de 500 agentes.

Agencia Estado,

22 de dezembro de 2006 | 02h29

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.