Polícia britânica prende ex-ministra de Petróleo da Nigéria

A polícia britânica prendeu a ex-ministra de Petróleo da Nigéria, Diezani Alison-Madueke, sob alegação de suborno, afirmam pessoas familiarizadas com o assunto.

Estadão Conteúdo

03 Outubro 2015 | 15h33

Diezani, que esteve à frente do ministério do Petróleo da Nigéria entre 2010 e 2015 e é uma considerada uma das mais influentes figuras políticas africanas, foi detida em Londres pela Agência Nacional do Crime (NCA, na sigla em inglês), durante uma operação que resultou na prisão de quatro pessoas por suborno e lavagem de dinheiro, informaram autoridades.

A ex-ministra nigeriana não foi publicamente acusada de nenhum crime e, sob as leis britânicas, sua prisão não significa que ele será acusada.

Ela negou as acusações de suborno e corrupção durante o tempo em que foi a mais poderosa ministra da Nigéria.

A prisão resulta de uma investigação separada à realizada pelos Estados Unidos, segundo autoridades americanas, e acontece poucos dias após o novo presidente da Nigéria, Muhammadu Buhari, dizer que seus governo poderia processar ex-funcionários para recuperar dezenas de bilhões de dólares que teriam desaparecido durante o governo anterior, grande parte direcionada a contas bancárias no exterior. Fonte: Dow Jones Newswires.

Mais conteúdo sobre:
NIGÉRIA EX-MINISTRA DE PETRÓLEO PRISÃO

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.