Polícia britânica prende homem em caso de cartas-bomba

A polícia prendeu um homem nesta segunda-feira em conexão a uma série de ataques com cartas-bomba na Reino Unido, disse a mídia. O suspeito foi preso em Cambridgeshire, segundo os canais TV BBC e Sky. A polícia não comentou a prisão. Seis pessoas ficaram feridas em Swansea, sul de Gales, no dia 7 de fevereiro pela sétima carta-bomba enviada numa campanha de três semanas, incluindo pelo menos três alvos ligados a autoridades de trânsito, levando a mídia a especular que se trata de ação de um motorista irritado. A polícia disse acreditar que as bombas, instaladas em envelopes forrados, tinham a intenção de assustar, e não matar. Ninguém sofreu ferimentos graves. A polícia prendeu outro homem neste mês, sob leis de saúde mental, depois que ele alegou ter enviado uma das cartas-bomba.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.