Polícia chega a reduto de manifestantes em Kiev

Policiais antidistúrbio chegaram às proximidades de um reduto de manifestantes na capital da Ucrânia, Kiev. Eles haviam partido em direção à capital em ônibus da polícia.

Agência Estado

09 de dezembro de 2013 | 08h48

Em Kiev, os ativistas iniciavam a retirada de um prédio do governo que estava ocupado havia dias, mas ainda bloqueavam as entradas de importantes prédios governamentais e mantinham o controle do prédio da administração da cidade.

Por outro lado, a polícia fechou as entradas de uma estação de metrô que fica perto das administração municipal, segundo um repórter da Associated Press que está no local. Segundo a agência de notícias Interfax, a polícia disse que o fechamento ocorreu por causa de uma ameaça de bomba.

Os manifestantes protestam há semanas contra a decisão do presidente Viktor Yanukovych de adiar, no mês passado, a assinatura de um acordo com a União Europeia (UE) e intensificar os laços com Moscou. No domingo, centenas de milhares de manifestantes participaram de um ato pedindo a saída de Yanukovych.

A movimentação de tropas acontece um dia depois de centenas de milhares de pessoas terem participado de protestos em Kiev e terem derrubado uma estátua do ex-líder soviético Vladimir Lenin. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Ucrâniaprotestospolícia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.