Polícia chinesa descarta elo entre explosões e Olimpíada

Não há ligação entre as explosões ocorridas ontem em dois ônibus em Kunming e os Jogos Olímpicos que acontecem no mês que vem em Pequim. A conclusão é dos policiais que investigam as duas explosões no centro de Kunming, capital da província chinesa de Yunnan. As explosões deixaram dois mortos e 14 feridos e alimentaram temores de terrorismo na China a apenas algumas semanas da abertura da Olimpíada."Nós não encontramos evidências de que haja ligação com a Olimpíada de Pequim, mas continuamos nos esforçando para descobrir a verdade", disse Liu Jianchao, porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da China.Du Min, comandante da polícia de Kunming, disse que os investigadores ainda não determinaram se as explosões foram obra de apenas uma pessoa ou se várias pessoas teriam participado, informou a agência de notícias Nova China.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.