Polícia controla protesto na Indonésia

Policiais usaram gás lacrimejante e mangueiras de água para dispersar manifestantes pró-Taleban que protestavam em frente ao Parlamento contra os ataques da coalizão anglo-americana ao Afeganistão. Testemunhas disseram que a polícia reprimiu a demonstração porque os 300 membros do grupo Frente de Defensores do Islã se recusou a encerrar o protesto. Ninguém ficou gravemente ferido. Militantes islâmicos indonésios têm promovido quase que diariamente manifestações contra os ataques anglo-americanos ao Afeganistão. Os principais locais de manifestações são o Parlamento indonésio e a embaixada dos EUA no país. No fim de semana, cerca de 30 pessoas foram presas por estarem armadas com facas e espadas. Leia o especial

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.