Polícia croata detém 106 imigrantes ilegais

A polícia croata descobriu 106 imigrantes ilegais escondidos numa residência próxima à fronteira com a Eslovênia. Entre os 106 imigrantes encontravam-se 62 curdos e 18 chineses, quatro dos quais crianças. O grupo foi encontrado na noite de ontem numa casa em construção na localidade de Samobor, a cerca de 30 quilômetros da capital, Zageb. Dois homens croatas foram presos sob acusação de tráfico de pessoas e podem ser condenados a uma sentença de, no máximo, cinco anos de prisão. A polícia croata deteve mais de 20.000 imigrantes ilegais em 2000 e, segundo o porta-voz Goran Volarevic, a entrada de imigrantes ilegais no país está crescendo porque a Croácia é considerada uma porta de entrada para a Europa. Grande parte das fronteiras do país não é vigiada, transformando-se em uma corredor ideal entre o leste e o oeste da Europa.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.