Polícia da Espanha prende 36 suspeitos de apoiar ETA

A polícia espanhola deteve 36 supostos integrantes de uma organização da juventude basca colocada fora da lei por suas ligações com o grupo separatista ETA (Pátria Basca e Liberdade). A polícia nacional da Espanha disse que as prisões ocorreram hoje, nas regiões nortistas do País Basco e da Navarra.

AE-AP, Agencia Estado

24 Novembro 2009 | 20h07

Segundo a polícia, os suspeitos tentavam formar um grupo de apoio ao ETA, chamada Segi, que foi colocada fora da lei em 2007. O ETA já matou 825 pessoas, desde a década de 1960, na tentativa de formar um estado basco independente no norte da Espanha e sudoeste da França.

Mais conteúdo sobre:
Espanha ETA País Basco presos

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.