Polícia de Hong Kong derruba barricadas pela segunda vez

Polícia de Hong Kong derruba barricadas pela segunda vez

Não houve relatos de atritos entre a polícia e os manifestantes que ocupavam o local; as ruas estavam bloqueadas há mais de duas semanas

O Estado de S. Paulo

13 de outubro de 2014 | 21h49

A polícia de Hong Kong desmontou barricadas e liberou o tráfego de veículos em uma via principal em uma das três áreas de protesto da cidade. As autoridades têm se esforçado para retirar estudantes que bloqueiam ruas há mais de duas semanas.

Às cinco horas da manhã de terça-feira (horário local), um grande número de policiais chegou a região da Causeway Bay e desfez as barricadas. Os manifestantes que permaneceram no local foram conduzidos para uma rua próxima para que o tráfego de veículos voltasse ao normal. Não há relatos de confrontos entre a polícia e os manifestantes.

Hong Ho, um designer gráfico de 27 anos, afirmou que cerca de "duzentos" policias apareceram no protesto inesperadamente. Outros manifestantes, muitos usando máscaras para se protegerem de bombas de gás lacrimogêneo, afirmaram que deixariam a área por acreditarem que os "gangsters" voltariam, em referência aos policiais.

A ação policial foi a segunda em dois dias. Na manhã desta segunda-feira, autoridades retiraram barricadas na principal área de protesto da cidade. Após a atuação da polícia, homens mascarados, taxistas e um caminhão de lixo derrubaram tendas de manifestantes. Mas na noite de segunda-feira, os estudantes retomaram o local e reforçaram as barricadas com postes de bambu, usados para construção de andaimes em Hong Kong. Os protestos começaram em 28 de setembro. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Hong Kongprotestos

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.