Polícia de Israel dispersa manifestantes palestinos

A polícia israelense dispersou dezenas de manifestantes palestinos nesta sexta-feira perto da mesquita de Al-Aqsa, que fica no Monte do Templo, em Jerusalém, após jovens terem apedrejado policiais no local e na Cidade Velha. O porta-voz da polícia de Israel, Micky Rosenfeld, disse que o tumulto começou quando manifestantes palestinos apedrejaram policiais que estavam na entrada do complexo religioso. A polícia entrou no local e usou bombas de efeito moral para dispersar os manifestantes.

AE, Agência Estado

05 de outubro de 2012 | 16h45

No começo desta semana, extremistas judeus foram detidos quando tentaram rezar no Monte do Templo. Um assessor da presidência palestina disse hoje que o protesto desta sexta-feira ocorreu por causa da visita dos extremistas judeus ao local. A polícia evitou que os judeus rezassem perto da mesquita para evitar um confronto com os muçulmanos. O local é sagrado tanto para judeus quanto para muçulmanos.

As informações são da Associated Press.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.