Polícia de Israel eleva nível de alerta antes de feriado judaico

Divisão do Exército foi enviada para a Faixa de Gaza e está 'pronta para qualquer cenário'

AE, Agência Estado

18 de abril de 2011 | 14h04

Judeus ultraortodoxos em cerimônia anterior ao feriado de Pessach, em Jerusalém

 

JERUSALÉM - A polícia de Israel elevou o nível de alerta no país nesta segunda-feira, 18, enquanto uma divisão do Exército foi enviada para a Faixa de Gaza e está "pronta para qualquer cenário", no momento em que o país se prepara para o Pessach, a Páscoa judaica.

 

Veja também:

especialInfográfico: As fronteiras da guerra no Oriente Médio

especialLinha do tempo: Idas e vindas das negociações de paz

 

"Milhares de policiais foram enviados para todo o país, e particularmente na região de Jerusalém", afirmou o porta-voz da polícia, Micky Rosenfeld, à AFP. Não houve nenhuma ameaça pública específica, mas a segurança de Israel é geralmente reforçada durante importantes feriados judaicos. O monitoramento a sinagogas, mercados, estações, centros comerciais e parques nacionais foi reforçado. Essas áreas costumam atrair mais movimento durante esses feriados.

A polícia também reforçou a segurança dentro da Cidade Velha de Jerusalém, para garantir a proteção dos peregrinos cristãos que celebram a Páscoa, disse o porta-voz.

Os militares israelenses anunciaram ontem o fechamento por nove dias da fronteira com a Cisjordânia. O vice-comandante de uma divisão do Exército enviada à região, coronel Amir Avivi, disse que suas tropas estão prontas "para qualquer cenário e se necessário nós responderemos com a força".

 

O Pessach marca o êxodo bíblico dos israelitas do Egito. A festa começa no pôr-do-sol da segunda-feira e dura uma semana.

Tudo o que sabemos sobre:
Israelpolíciaalertaataquesferiado

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.