Leon Neal/AFP
Leon Neal/AFP

Policia de Londres prende 76 pessoas em protesto contra mortes de negros nos EUA

Manifestantes se reuniram em Westfield, deitaram no chão e repetiram as últimas palavras do americano morto Eric Garner

Estadão Conteúdo

11 de dezembro de 2014 | 16h41

A polícia britânica prendeu 76 pessoas em uma manifestação em um shopping de Londres em protesto a assassinatos cometidos pela polícia nos Estados Unidos contra negros.

Os manifestantes se reuniram no interior do centro comercial Westfield, deitaram no chão e gritaram "eu não consigo respirar", uma referência às palavras finais de Eric Garner. O homem negro foi morto pela polícia de Nova York em julho após ser detido por tráfico de cigarros.

De acordo com autoridades de Londres, um pequeno grupo tentou entrar no shopping após os manifestantes serem levados para fora do local. Eles teriam agredido a equipe de segurança e causado danos a lojas. Os detidos estão sendo interrogados sobre delitos de ordem pública.

Foram realizados protestos em todo os Estados Unidos desde que júris populares decidiram não indiciar os policiais envolvidos na morte de Garner e de Michael Brown, jovem negro morto pela polícia em Ferguson, no estado de Missouri. Fonte: Associated Press.

Mais conteúdo sobre:
Reino UnidoEUAprotestospolícia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.