Dan Steinberg/AP
Dan Steinberg/AP

Polícia de Los Angeles prende suspeito de ligação com incêndios

Caros e garagens são incendiados na cidade desde a quinta-feira; 55 casos foram registrados

Reuters

02 de janeiro de 2012 | 15h49

LOS ANGELES - A polícia de Los Angeles deteve uma pessoa suspeita de estar ligado a 55 incêndios, a maioria contra carros, em uma série iniciada na quinta-feira, informou o Corpo de Bombeiros da cidade nesta segunda-feira, 2. Durante o dia, vários casos foram relatados em Hollywood e nas áreas próximas, segundo as autoridades.

 

A pessoa foi detida horas depois de a polícia local divulgar um vídeo de um homem que, segundo as autoridades, testemunhas e câmeras de segurança localizaram próximo de vários lugares onde houve incêndios. "É muito cedo para especular se o suspeito é responsável por espalhar os incêndios", afirmaram os bombeiros. O vídeo divulgado pela polícia mostra um homem de aproximadamente 30 anos vestido de preto e usando rabo de cavalo.

 

Desde que os ataques começara, um total de 55 incêndios foram relatados, incluindo 45 na área de Los Angeles, nove em Hollywood e um em Burbank, afirmaram os bombeiros em sua página na internet. A maioria ocorreu em carros, com alguns se espalhando para garagens e casas.

 

Cleon Joseph, porta-voz da polícia, pediu que os moradores da cidade fiquem atentos a qualquer atividade suspeita. "Mantenham as luzes acesas, observem tudo À volta. Se virem algo suspeito, chamem a emergência", disse.

 

O comandante policial Andrew Smith afirmou que dezenas de detetives trabalharam durante a noite para colher evidências sobre os casos. "Os oficiais estão trabalhando sem interrupção. Temos centenas de pistas, dezenas de testemunhas e incontáveis evidências", declarou.

 

Ninguém ficou seriamente ferido nos incêndios registrados até o momento, mas um bombeiro sofreu ferimentos leves enquanto combatia chamas em um dos focos e uma outra pessoa se machucou na véspera do ano novo. Os bombeiros não sabem dizem como os incêndios começaram. 

Tudo o que sabemos sobre:
EUALos Angelesincêndios

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.