Polícia de Moscou prende 10 ativistas em manifestação

A polícia de Moscou deteve cerca de 10 ativistas que participavam de uma demonstração de apoio ao magnata de petróleo preso, Mikhail Khodorkovsky, em seu quadragésimo oitavo aniversário.

AE, Agência Estado

26 de junho de 2011 | 12h06

Aproximadamente 50 jovens ativistas, vestindo camisetas vermelhas com o retrato de Khodorkovsky, marcharam pela rua Old Arbat, distribuindo camisetas e balões. De repente, do telhado de um edifício ao longo do trajeto, uma grande bandeira de plástico foi desenrolada desejando feliz aniversário e liberdade ao magnata.

Os ativistas detidos foram levados em veículos da polícia. Manifestações também foram planejadas neste domingo em São Petersburgo e Londres. Khodorkovsky está na prisão desde que foi detido, em 2003, por desafiar o poder de Vladimir Putin, que era presidente da Rússia naquela época. As informações são da Associated Press.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.