Polícia de Nova Délhi caça "homem-macaco"

Milhares de policiais percorrem as ruas da capital indiana, Nova Délhi, e os cidadãos criaram patrulhas urbanas em busca de uma misteriosa criatura que vem sendo chamada de homem-macaco. A histeria tomou conta da capital depois que duas pessoas morreram e dezenas ficaram feridas. "Consultamos os médicos sobre as mordidas e arranhões e eles disseram que foram obra de algum animal", disse o comissário de polícia Suresh Roy. Para a polícia, o pânico foi causado por pessoas pobres e ignorantes que acreditam no sobrenatural. A polícia pediu ao governo que garanta o fornecimento ininterrupto de energia elétrica para que os moradores se sintam mais seguros. É normal o racionamento de energia durante o verão na Índia. A mais recente vítima da onda de pânico é uma mulher grávida que foi acordada por gritos de que o "homem-macaco" estava por perto e caiu da escada. Um operário morreu na segunda-feira ao pular do primeiro andar de sua casa. O jornal Asian Age publicou os retratos falados feitos pela polícia. Enquanto um dos desenhos mostra um homem normal, de bigode e com óculos escuros, o outro mostra um homem com barba, com um ligeiro aspecto de símio.

Agencia Estado,

17 de maio de 2001 | 09h22

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.