Polícia dispersa manifestantes no Nepal

A polícia lançou bombas de gáslacrimogêneo e utilizou porretes hoje paradispersar cerca de 30.000 manifestantes pró-democracia queprotestavam contra a monarquia pelo quarto dia consecutivo. Maisde 20 manifestantes ficaram feridos na mobilização de hoje. Os ativistas utilizaram tijolos e placas de trânsito para sedefender do avanço das tropas de choque. Os protestos sãoorganizados pelos seis maiores partidos políticos nepaleses, quelutam pela restauração da democracia. Os cerca de 30.000 manifestantes participaram de uma passeatapelo centro de Katmandu para repudiar uma decisãoantidemocrática do rei Gyanendra. Ele substituiu um governodemocraticamente eleito para instalar outro leal à monarquia. Também houve violência nos primeiros três dias de protestos.Choques entre policiais e manifestantes deixaram dezenas depessoas feridas desde quinta-feira.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.