Polícia do Afeganistão evita ataque com bicicleta-bomba

A polícia do Afeganistão desativou uma bomba colocada em uma bicicleta. O artefato deveria explodir na cidade de Kandahar, no sul do país, pouco depois de um carro-bomba ter matado três pessoas e ferido 26, a maioria policiais.

AE, Agência Estado

28 de dezembro de 2010 | 14h08

A polícia encontrou os explosivos em uma bicicleta motorizada ontem, em um movimentado cruzamento no centro da cidade, segundo informou o Ministério do Interior em comunicado. O artefato estava a cerca de 1.500 metros de onde um suicida se explodiu, nas proximidades de um complexo policial e de um banco no centro de Kandahar. O porta-voz do governo da cidade, Zalmai Ayubi, disse que aparentemente a bicicleta deveria explodir pouco depois de o suicida detonar seu carro.

Também hoje, homens armados mataram um funcionário da prefeitura de Kandahar, quando ele caminhava pela rua, informou o vice-chefe de polícia, Fazel Ahmed Sherzad. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
bicicletabombaAfeganistão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.