Polícia do Irã ajuda líder da oposição a fugir de cerco

A polícia iraniana ajudou hoje o líder da oposição, Mehdi Karroubi, a escapar do cerco de partidários do governo, que o haviam sitiado no sábado na casa de um clérigo, afirmou um website ligado ao governo. Partidários do regime haviam cercado a casa do simpatizante da oposição, o grão aiatolá Yousef Sanaei, após Karroubi chegar para visitá-lo na cidade sagrada de Qom. Os manifestantes gritaram slogans contra os dois.

AE, Agência Estado

14 de junho de 2010 | 18h24

"Às 4h da manhã (horário local), um número significativo de policiais fez um corredor para garantir a passagem do carro de Karroubi", reportou o Rajanews.com. "Enquanto Karroubi escapava, a multidão gritou slogans contra a polícia" e pediu que o líder oposicionista fosse processado, afirmou a reportagem.

Segundo o website, o comandante local da Guarda Revolucionária pediu à multidão que se dispersasse e que Mojtaba Zolnoor, um assessor do líder supremo do Irã, o grão aiatolá Ali Khamenei, encontrou-se com Karroubi antes dele deixar a casa. O filho de Karroubi, Hossein, disse ao website de oposição Kaleme.com que os partidários do governo usaram correntes para atacar o automóvel do seu pai. AS informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
Irãoposiçãolíderfugapolícia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.