Polícia do Nepal afirma que número de mortos em terremoto já passa de 6.600

Uma semana após um forte terremoto atingir o Nepal, a polícia afirma que o número de mortos no desastre já passa de 6.600. O vice-inspetor geral da polícia de Katmandu, Kamal Singhbam, afirmou neste sábado que 6.624 pessoas morreram nos tremores de 25 de abril.

Estadão Conteúdo

02 de maio de 2015 | 07h45

Singhbam afirmou também que 14.025 pessoas ficaram feridas no terremoto de magnitude 7.8, o pior a atingir o Nepal em mais de 80 anos. Equipes de busca e resgate ainda trabalham para retirar os corpos dos escombros, mas há pouca esperança de encontrar sobreviventes.

O governo do país renovou seu apelo a doadores internacionais para o envio de tendas para o abrigo temporário de pessoas, além da armazenagem de grãos, sal e açúcar. O país pediu também doações em dinheiro, caso não seja possível o envio de alimentos. "Recebemos coisas como atum e maionese. De que isso nos adianta? Precisamos de grãos, sal e açúcar", afirmou o ministro das Finanças, Ram Sharan Mahat. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Nepalterremotomortos

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.