Polícia do Nepal contém protesto contra rei e prende 300

A polícia do Nepal lançou bombas de gás lacrimogêneo e usou bastões contra ativistas pró-democracia que desafiaram neste sábado a proibição de protestos na capital contra o rei. Pelo menos 300 pessoas foram presas e mais de 50 ficaram feridas.Os manifestantes, que gritavam frases como "abaixo a autocracia, queremos a democracia", enfrentaram a polícia.O rei Gyanendra, que destituiu o governo e tomou o poder há um ano. As autoridades proibiram manifestações alegando que elas poderiam ser usadas pelos rebeldes comunistas para lançar ataques.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.