Polícia do Quênia divulga fotos de suspeitos de atentados

A polícia do Quênia apresentou hoje imagens geradas por computador de dois homens suspeitos de terem participado dos ataques de 28 de novembro contra dois objetivos israelenses no país africano. As imagens dos suspeitos, que não foram identificados - um com barba e sinais de calvície e o outro com o rosto liso e a cabeça raspada -, foram montadas através de informações de testemunhas, segundo o chefe de polícia William Langat, que acrescentou que os homens foram descritos como de "aparência árabe". Langat não informou qual teria sido a participação dos dois no atentado contra um hotel de Mombasa, que deixou um saldo de 15 mortos, ou nos disparos de mísseis contra uma aeronave comercial israelense quando esta decolava de Mombasa rumo a Tel Aviv. O avião não foi atingido pelos mísseis e aterrissou sem problemas em Israel.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.