Polícia egípcia acha uma tonelada de explosivos

As forças de segurança egípcia acharam mais de uma tonelada de explosivos perto da fronteira entre Egito e o território palestino de Gaza, informou neste sábado a imprensa egípcia.A descoberta foi feita perto da localidade de Rafah, no norte da Península do Sinai, a nordeste do Cairo, segundo as fontes. A polícia, que rastreava a região de Rafah, detectou pegadas e uma abertura no solo que revelou o lugar onde estavam escondidos os explosivos.Eram 34 sacolas plásticas, cada uma pesando 30 quilos, e, segundo especialistas, contendo dinamite com grande capacidade explosiva.Aparentemente, a dinamite é do mesmo tipo que foi usado nos atentados cometidos nos últimos três anos em várias localidades turísticas da Península do Sinai.Segundo as investigações preliminares, as pegadas no solo poderiam ser das pessoas que levaram os explosivos ao local, onde foi reforçada a presença das forças de segurança.Na quarta-feira passada, foi detido na mesma localidade um suposto terrorista com um cinto explosivo pronto para cometer um atentado contra turistas israelenses, segundo a confissão revelada pela polícia.A polícia deteve outras duas pessoas, e procura mais 20 cúmplices, todos membros de uma organização não identificada.O Sinai é um dos destinos preferidos pelos turistas israelenses, apesar de, desde outubro de 2004, ter sido alvo de três atentados.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.