Polícia egípcia recupera tela de Van Gogh

Casal de italianos tentava sair do país pelo aeroporto da capital

AP

21 de agosto de 2010 | 17h58

Policiais egípcios recuperaram o quadro de Van Gogh no aeroporto de Cairo neste sábado, 21, horas após ele ter sido roubado de um museu na capital do Egito, informou o ministro da Cultura do país.

 

Farouk Hosni disse que oficiais de segurança do aeroporto confiscaram a tela de dois italianos - um homem e uma mulher - quando eles tentavam sair do país.

 

A obra, que o ministro disse ser avaliada em US$ 50 milhões, havia sido roubada mais cedo do museu Mahmoud Khalil. Esta é a segunda vez que a peça do pintor holandês foi roubada do museu. Ladrões levaram o quadro pela primeira vez em 1978, sendo recuperada dois anos depois no Kuwait.

 

Os oficiais de segurança nunca revelaram os detalhes daquele roubo. Quando foi descoberto, o então ministro do interior disse que três egípcios envolvidos no crime haviam sido presos e revelaram onde a pintura estava escondida. As autoridades não disseram se os envolvidos foram denunciados ou julgados.

 

Especialistas afirmam que o quadro foi pintado por volta de 1887. Outros trabalhos do acervo do museu são de Paul Gauguin, Gustave Courbet, François Millet, Claude Monet, Edouard Manet, Auguste Renoir and Auguste Rodin.

Tudo o que sabemos sobre:
Van GoghEgitomuseuroubo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.