Polícia encerra sequestro e resgata 3 em Nova Jersey

A polícia de Nova Jersey encontrou neste domingo, 12, uma mulher de 44 anos e seu filho de 13 anos mortos há dias, após uma longa jornada de negociações para tentar liberar dois adolescentes e uma criança que estavam em posse do homem com o qual a mulher vivia. O homem, Gerald Tyrone Murphy, de 38 anos, foi morto pela polícia. Uma equipe da SWAT e do esquadrão antibombas foram chamados. A polícia manteve contato com Murphy durante 37 horas.

Agência Estado

12 de maio de 2013 | 17h30

As autoridades policiais foram inicialmente à residência na sexta-feira à tarde, após um parente de Carmelita Stevens dizer que não falava com ela há semanas e estava preocupada. Depois de realizar investigações, a polícia descobriu que seu filho não frequentava a escola há 12 dias.

Ao entrar na residência, a polícia encontrou Murphy no banheiro do andar superior, que dizia estar com armas de fogo, explosivos e três crianças. Os policiais recuaram então do segundo andar e resgataram um jovem de 19 anos do porão, que disse não ver sua mãe desde 24 de abril.

Os policiais entraram na casa por volta das 3h45 da madrugada deste domingo, após notarem "deterioração de estado mental" de Murphy e considerarem que seria necessário agir para garantir a sobrevivência dos sequestrados: uma menina de 18 anos e outra com 16, além de um garoto de quatro anos. Segundo os policiais, eles foram abusados sexualmente e agredidos. Murphy possuía uma longa vida criminal, incluindo assalto, ameaças com o uso de armas, agressões a crianças e crimes sexuais. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
EUAsequestro

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.