Polícia encontra 27 corpos decapitados

Vinte e sete corpos decapitados foram encontrados ontem em uma chácara em uma aldeia do Departamento (Estado) de Petén, no norte da Guatemala, perto da fronteira com o México. Segundo a polícia local, os cadáveres são de agricultores da região, que podem ter sido mortos pelo cartel mexicano de tráfico de drogas Los Zetas. Os camponeses trabalhavam no sítio de Haroldo Waldemar Leão Lara, assassinado anteontem na periferia da cidade de Flores - Lara era irmão de um traficante morto em 2008.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.