Polícia encontra arsenal do cartel Los Zetas no sudeste do México

Armamento pesado estava escondido em veículo de transporte de cavalos, junto a cocaína

AE-AP, Agência Estado

22 de outubro de 2010 | 18h20

A Polícia Federal do México encontrou armas e munições no sudeste do país um arsenal supostamente pertencente ao cartel Zetas, um dos grupos locais de narcotráfico mais violentos.

 

Foram encontradas 73 armas de alto calibre, duas curtas, 12 granadas e 2.275 cartuchos que estavam escondidos em um veículo de transporte de cavalos, disse nesta sexta-feira, 22, o comunicado do comissário de segurança regional da polícia, Vidal Díaz Leal.

Segundo ele, o arsenal foi encontrado ontem em uma estrada do sul do Estado de Tabasco, quando agentes federais que patrulhavam a região viram o veículo.

 

A polícia revistou o veículo, que era ocupado por um homem e uma mulher, e encontrou o arsenal num compartimento com fundo falso. Eles seriam integrantes dos Zetas.

Os agentes também encontraram dois quilos de cocaína. Díaz disse que foi descoberto que o Estado de Tabasco é usado como rota para o tráfico de armas e drogas por via terrestre.

 

Os Zetas foram responsabilizados por diversos ataques, sobretudo no nordeste do país, onde mantém uma disputa com seus antigos aliados do Cartel do Golfo.

 

O grupo também é apontado como responsável pela chacina de 72 imigrantes, ocorrida no norte do México no fim de agosto.

Tudo o que sabemos sobre:
MéxicotráficoarsenalZetas

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.