Polícia encontra corpo de turista norte-americana perto de Jerusalém

Vítima é Christine Logan, que estava desaparecida desde a tarde de ontem, após ser atacada por dois jovens árabes, enquanto caminhava com sua amiga Susan Kaye Wilson

Efe,

19 de dezembro de 2010 | 10h31

 

JERUSALÉM - A polícia israelense encontrou neste domingo, 19, o corpo de uma turista norte-americana desaparecida desde a tarde de ontem, enquanto caminhava com uma amiga em uma floresta nos arredores de Jerusalém, informou a polícia.

 

"Encontramos o corpo de uma mulher com um passaporte dos EUA nesta manhã, no bosque perto de Moshav Mata", disse à agência Efe o porta-voz da polícia Mickey Rosenfeld, acrescentando que os agentes estão "investigando o incidente e há possibilidade de que seja um ato nacionalista ".

 

A vítima é Christine Logan, que estava desaparecida desde a tarde de ontem, após ser atacada por dois jovens árabes, enquanto caminhava com sua amiga Susan Kaye Wilson, 46, guia turística britânica, mas nacionalizado em Israel, declarou a segunda aos agentes, de acordo com informações do serviço de notícias israelense "Ynet".

 

Wilson foi encontrada ontem na área, com as mãos amarradas atrás das costas e várias facadas na parte superior do corpo e foi internada em estado crítico no hospital Hadassah Ein Kerem.

 

No hospital, Wilson informou aos médicos e à polícia que as duas tinham sido esfaqueadas por dois jovens árabes na floresta e que ela se fingiu de morta para sobreviver, enquanto Logan foi sequestrada pelos agressores.

 

A polícia encontrou perto do carro de Wilson sinais de luta de cabelo e manchas de sangue.

 

As circunstâncias do incidente ainda são confusas. No entanto, nenhum suspeito foi preso, disse Rosenfeld.

 

A polícia reforçou os postos de controle na Cisjordânia e fechou a estrada 375, para impedir que os atacantes fujam para o território palestino.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.