Polícia encontra nove corpos com marcas de tiros em Bagdá

A Polícia iraquiana encontrou nesta segunda-feira, em diferentes áreas de Bagdá, os corpos de nove pessoas com marcas de tiros na cabeça, enquanto um alto cargo do departamento de assuntos religiosos sunitas foi seqüestrado na capital.Oito dos corpos foram achados em um bairro de maioria xiita, enquanto o outro foi descoberto em uma região sunita, segundo fontes do Ministério do Interior.Os assassinatos foram atribuídos aos temidos esquadrões da morte, cuja atuação faz parte da violência sectária desencadeada em fevereiro, quando um grupo destruiu a cúpula de um importante santuário xiita em Samarra, ao norte de Bagdá.Desde então, milhares de corpos de pessoas assassinadasaparentemente por sua confissão religiosa foram encontrados no Iraque, sobretudo na capital.Em julho, o principal necrotério de Bagdá recebeu mais de 1.500 mortos - vários deles com membros amputados, olhos arrancados ou queimaduras.Por outro lado, um grupo seqüestrou hoje Hauach Khalaf Metaab, assessor jurídico do departamento de assuntos religiosos sunitas, quando saía de sua casa na região de Al-Karrada, no centro de Bagdá.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.