Polícia encontra oito corpos decapitados no norte do México

Um dos mortos era vice-diretor de presídio em Durango e havia sido sequestrado na segunda-feira.

BBC Brasil, BBC

12 de maio de 2011 | 23h54

A polícia mexicana descobriu nesta quinta-feira oito corpos decapitados no Estado de Durango (norte), em mais um desdobramento da guerra do narcotráfico no país.

Entre os mortos está o vice-diretor do sistema prisional de Durango, Geraldo Galindo. Ele havia sido sequestrado na última segunda-feira.

A cabeça de Galindo foi encontrada próxima a uma parede, acompanhada de uma mensagem ameaçadora assinada por um cartel de drogas local, segundo informaram as autoridades.

Os demais corpos ainda não foram identificados.

Autoridades prisionais estão se tornando alvos comuns para os narcotraficantes, cujos líderes detidos muitas vezes continuam controlando seus negócios mesmo estando atrás das grades.

Em caso semelhante ocorrido em fevereiro, foi assassinado o chefe de segurança de uma prisão na cidade de Monterrey, também no norte. Seu corpo foi esquartejado e encontrado em uma caixa de plástico abandonada em local próximo à prisão onde ele trabalhava.

Valas clandestinas

O jornal mexicano El Universal relata que, desde abril, 196 corpos foram encontrados em valas clandestinas em Durango, um dos Estados mais afetados pela violência dos traficantes.

Em Sinaloa, Estado vizinho - e também assolado pela guerra entre cartéis do tráfico -, seis pessoas morreram em dois tiroteios também nesta quinta-feira.

Ainda de acordo com o El Universal, citando estatísticas do governo federal, mais de 34,6 mil pessoas foram mortas entre dezembro de 2006 e dezembro de 2010 em episódios relacionados ao crime organizado no México.BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.