Polícia encontra quatro de cinco macacos raros roubados de zoo britânico

A polícia britânica recuperou quatro de cinco macacos que foram roubados de um zoológico no norte da Inglaterra. A busca pelos animais, alguns deles de espécies seriamente ameaçadas de extinção, espalhou-se por toda a Europa.

Reuters

03 Maio 2014 | 16h38

Os ladrões levaram os macacos --duas fêmeas e um filhote da espécie sagui-cabeça-de-aldogão e dois da sagui-imperador-- de suas jaulas após abrirem um buraco na cerca de proteção em um zoológico de Blackpool, no noroeste da Inglaterra, na noite de terça-feira.

Autoridades disseram que estavam fazendo interrogatórios em toda a Europa, onde houvesse "definitivamente um mercado para os macacos".

A União Internacional para a Conservação da Natureza lista o sagui-cabeça-de-algodão como uma espécie com perigo crítico de extinção, com uma população mundial estimada de 6.000 animais.

Após um grande apelo público, autoridades do zoológico confirmaram neste sábado que quatro dos cinco macacos foram encontrados sem ferimentos em um endereço de West Yorkshire, na noite de sexta-feira. O filhote ainda está desaparecido.

"Estamos extremamente aliviados que quatro dos cinco macacos foram encontrados seguros e bem, embora ainda nos entristece o fato de o bebê de sagui-cabeça-de-algodão não ter sido achado", afirmou em comunicado Charlotte Pennie, chefe do setor de primatas do zoológico de Blackpool.

(Reportagem de Michael Holden)

(Edição de Alexandre Caverni)

Mais conteúdo sobre:
GERAL MACACOS LONDRES*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.