Polícia espanhola apreende 11 toneladas de haxixe

A polícia espanhola apreendeu nesta quarta-feira 11 toneladas de haxixe contrabandeado do Marrocos e deteve 35 pessoas ligadas ao tráfico. A droga era transportada em caminhões-tanque com compartimentos para esconder drogas. Os policiais descreveram a ação como a desintegração de uma importante rede de traficantes que alimenta o mercado europeu.

AE, Agência Estado

26 de dezembro de 2012 | 12h44

A maior parte do material apreendido foi disposta num pátio do lado de fora da sede da Polícia Nacional. Algumas das barras com a droga pareciam sabonetes, mas a maior parte estava em caixas envoltas em fita adesiva.

Segundo as autoridades, o haxixe estava em caminhões que foram transportados por balsas do Marrocos até o sul da Espanha. A carga foi então levada ao subúrbio de Madri, onde o haxixe foi retirado dos tanques de combustível. Desse local, parte da droga foi enviada para Madri, onde seria vendida, e o restante foi colocado em outros caminhões, que levavam mercadorias para países como Bélgica, Reino Unido e Holanda.

Dentre os detidos estão 31 marroquinos, três espanhóis e uma mulher belga. Um dos espanhóis e a mulher belga eram os motoristas que levavam cargas de cenouras e roupas, no meio das quais a droga estava escondida, informou o chefe da Polícia Nacional, Ignacio Cosido.

Cosido negou-se a avaliar a carga apreendida, embora tenha afirmado que é "muito valiosa". A policia também encontrou uma série de sacos com maconha e 150 mil euros em dinheiro, além de 14 veículos avaliados em 400 mil euros e 109 telefones celulares, durante os oito meses de investigação, que tiveram início quando as autoridades desativaram uma rede de venda de haxixe e foi atrás de seus fornecedores.

O grupo usava sistemas de GPS para acompanhar os movimentos de seus carregamentos. Os tanques adaptados para carregar as drogas eram remontados após a retirada da mercadoria, informou José Luis Conde, responsável pela divisão da Polícia Nacional em Madri.

Ele, porém, negou-se a dizer se o haxixe é originário do Marrocos, um importante produtor da droga, dizendo apenas que a carga era proveniente do norte da África. As informações são da Associated Press.

Mais conteúdo sobre:
Espanhadrogashaxixe

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.