Polícia espanhola desativa bomba na Bolsa de Bilbao

A polícia espanhola desativou uma bomba encontrada na Bolsa de Valores de Bilbao. Telefonemas responsabilizaram o grupo separatista basco ETA, disse um porta-voz da polícia. O pacote encontrado continha cerca de 15 quilos de explosivos, disse ele. O prédio da Bolsa, lojas e escritórios ao redor foram evacuados depois que dois jornais informaram à polícia terem recebidos, às 6h30 (de Brasília), telefonemas alertando que uma bomba iria explodir em 20 minutos no prédio. A polícia não deu mais detalhes do incidente. De acordo com uma agência de notícias espanhola, o prefeito de Bilbao, Inaki Azkuna, disse que o pacote contendo os explosivos foi encontrado dentro da Bolsa num banheiro próximo a um conteiner com gasolina.No dia 12 de janeiro, um carro bomba explodiu num shopping próximo à Bolsa depois que a polícia recebeu um telefonema, que permitiu a evacuação da área. Duas pessoas ficaram feridas e lojas, escritórios e bancos ficaram danificados na explosão, num atentado também atribuído ao ETA. O grupo separatista basco já matou quase 800 pessoas em 34 anos de campanha para criar um território independente basco no norte da Espanha e sul da França.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.