Polícia espanhola detém 4 padres suspeitos de pedofilia

O ministro do Interior da Espanha, Jorge Fernández Díaz, informou que quatro padres foram detidos sob suspeita de abuso sexual contra crianças. Segundo ele, a polícia fez as prisões nesta segunda-feira na cidade de Granada, sul do país.

Estadão Conteúdo

24 Novembro 2014 | 12h56

A polícia tem investigado possíveis casos de pedofilia envolvendo padres desde que uma suposta vítima escreveu ao papa Francisco, recentemente.

Jornais espanhóis informaram que o papa entrou em contato com a vítima pelo telefone, mas o porta-voz do Vaticano, Federico Lombardi, recusou-se a confirmar ou a negar que o papa tenha feito o contato, citando a política da Santa Sé de não comentar publicamente as iniciativas "pessoais e pastorais" de Francisco.

O escritório dos bispos de Granada informou na semana passada que havia suspendido vários padres do serviço em suas paróquias após uma denúncia ter sido enviada ao Vaticano. Acredita-se que os abusos aconteceram cerca de dez anos atras. Fonte: Associated Press.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.