Polícia espanhola encontra carro de jogadora holandesa

Fiat Panda de Ingrid Visser, desaparecida desde o dia 13, estava estacionado em uma avenida de Murcia

22 de maio de 2013 | 14h32

A polícia espanhola encontrou nesta quarta-feira, 22, o carro da jogadora de vôlei Ingrid Visser, que desapareceu misteriosamente na cidade de Murcia. O Fiat Panda preto estava trancado e estacionado em uma avenida da cidade. Os investigadores rebocaram o carro para um depósito e começaram a perícia, que deve dar pistas sobre o paradeiro da jogadora.

 

Ingrid, de 35 anos, desapareceu no dia 13. Ela e o namorado, Lodewijk Severein, de 57, alugaram um carro no aeroporto, fizeram o ckeck-in em um hotel, deixaram as malas e sumiram. Sem pistas, a família apelou para a população de Murcia, espalhou cartazes pela cidade e criou um site para descobrir o que ocorreu com ela.

 

A polícia espanhola suspeita de sequestro. A família, no entanto, deu declarações à imprensa holandesa se dizendo "pessimista" com relação ao caso. Ingrid foi campeã europeia em 1995, jogou pelo Minas Tênis Clube, em 1998, e é recordista de partidas disputadas pela seleção holandesa de vôlei.

Tudo o que sabemos sobre:
Ingrid VisservôleiMurcia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.