Polícia evita atentado contra premier da Tailândia

A polícia tailandesa encontrou e desativou nesta quinta-feira uma bomba no interior de um carro estacionado perto da casa do primeiro-ministro do país, Thaksin Shinawatra, em Bangcoc, e deteve um suspeito, segundo o jornal The Nation. O detido foi identificado como Thawatchai Klinchana, tenente do Comando de Operações de Segurança Interna. Ele é o proprietário do carroonde estavam os explosivos. Ao saber da operação, Shinawatra demitiu o subdiretor do Comando de Operações de Segurança Interna, o general Pallop Pinmanee. Pouco antes da descoberta do explosivo, o chefe da polícia tailandesa, general Kowit Wattana, tinha ordenado a seu pessoal em Bangcoc que reforçasse a segurança de Shinawatra. O ministro do Interior, Kongsak Wantana, referiu-se nesta semana a um possível complô para atacar o primeiro-ministro,que há meses vem sendo acusado de corrupção, nepotismo e abuso de poder.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.