Polícia fecha hospital das FARC em Bogotá

Um hospital da guerrilha das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (FARC) foi descoberto nesta sexta-feira ao norte de Bogotá. Durante a operação foram detidos um enfermeiro e sete guerrilheiros feridos, que fazem parte da primeira frente das FARC. Armamento diverso foi apreendido e foram encontradas no local equipes paramédicas e remédios de diferentes características para cura, tratamento e recuperação dos rebeldes. As FARC, a principal guerrilha colombiana, com mais de 16.500 membros, controla uma zona desmilitarizada de 42 mil km2 ao sul do país e está em processo de negociação de paz com o governo de Andrés Pastrana desde janeiro de 1999.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.