Polícia Federal prende o filho do traficante 'Pingo' no Paraguai

Jonathan Soligo estava em fazenda onde foram apreendidas 50 toneladas de maconha pronta para consumo

João Naves de Oliveira, da Agência Estado

04 de julho de 2010 | 20h39

Campo Grande, 04 (MS) - Os dois narcotraficantes considerados pela Polícia Federal substitutos de Fernadinho Beira-Mar na região paraguaia que faz divisa com o Mato Grosso do Sul estão presos na Delegacia de Ponta Porã, no extremo sul do Estado.

O primeiro a ser preso foi Irineu Soligo, o "Pingo", condenado a 25 anos pela Justiça Federal de Ponta Porã por tráfico internacional de cocaína e armas e por formação de quadrilha. A prisão aconteceu na madrugada de sábado em uma fazenda de Pedro Juan Caballero, no Paraguai.

Neste domingo, 4, foi preso o filho de Pingo, Jonathan Soligo, em uma fazenda onde foram apreendidas quase 50 toneladas de maconha pronta para o consumo. "Pinguiño", como é conhecido, além de ser traficante, responde por homicídio no Paraguai. Ambas as prisões foram feitas com a colaboração da Secretaria Nacional Anti-Drogas do Paraguai.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.