REUTERS/Charles Platiau
REUTERS/Charles Platiau

Torre Eiffel é isolada após homem tentar escalar monumento

Razões pelas quais a fachada da estrutura de 324 metros de altura em Paris foi escalada são desconhecidas

Redação, O Estado de S.Paulo

20 de maio de 2019 | 12h16

PARIS  - A Torre Eiffel foi isolada depois que um homem foi visto escalando o emblemático monumento de 324 metros de altura em Paris, informou a empresa que administra o local nesta segunda-feira, 20.

"Detectamos uma pessoa subindo. Este é o procedimento usual. Devemos impedi-la de continuar e, neste caso, a Torre é isolada", acrescentou uma fonte da empresa, que não sabia dizer quantos turistas foram retirados do local. Membros da polícia e bombeiros foram enviados ao local, disse uma fonte policial.

"A Torre Eiffel está atualmente fechada até novo aviso", afirma em francês e inglês um posto na conta oficial do monumento no Twitter, na qual os turistas são recomendados a adiar a visita. 

A polícia está em contato com o indivíduo, mas, por enquanto, as razões pelas quais a fachada do monumento foi escalada são desconhecidas, disse a mesma fonte.  Não é a primeira vez que uma pessoa tenta subir neste emblemático monumento.  Em outubro de 2017, foi completamente esvaziada em virtude da presença de um jovem que ameaçou cometer suicídio. 

A França, que atrai turistas de todo o mundo por seus monumentos, cultura e gastronomia, recebeu 89,4 milhões de turistas estrangeiros no ano passado, mantendo assim sua posição como o principal destino do mundo. 

E a Torre Eiffel, que este ano celebra 130 anos desde a sua construção, é o monumento mais visitado com acesso pago no mundo, com sete milhões de ingressos por ano. / AFP e AP

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.