Polícia frustra tentativa de entrada em enclave espanhol

As polícias da Espanha e do Marrocos frustraram nesta quinta-feira uma nova tentativa de dezenas de migrantes africanos de escalar cercas de fronteira e entrar no enclave espanhol de Melilla. Cerca de 25 migrantes, muitos deles com pés descalços e ensanguentados, ficaram agarrados ao topo das cercas por horas.

AE, Agência Estado

03 de abril de 2014 | 15h09

A tentativa é a mais recente de uma onda de migrantes africanos tentando ultrapassar a fronteira incomum entre o norte do Marrocos e os enclaves espanhóis de Melilla e Ceuta, em busca de uma vida melhor na Espanha ou em outros países da Europa.

Nesta quinta-feira, dezenas de migrantes tentaram escalar as cercas. Não ficou claro quantas pessoas conseguiram atravessar. Vários migrantes foram obrigados a recuar, mas 25 permaneceram no topo das cercas horas após a tentativa de cruzamento começar, às 9h (horário local). A polícia espanhola se manteve de guarda nas proximidades.

O Marrocos e a Espanha aumentaram a vigilância na fronteira desde 6 de fevereiro, quando 15 migrantes se afogaram tentando entrar em outro enclave costeiro da Espanha no norte da África, Ceuta. Fonte: Associated Press.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.