Steve Cannon/AP
Steve Cannon/AP

Polícia identifica atirador e vítimas de tiroteio em estúdio de ioga na Flórida

Dois feridos ainda estão hospitalizados em condição 'estável'; três já receberam alta

O Estado de S.Paulo

03 Novembro 2018 | 14h32

MIAMI – A polícia identificou o homem que abriu fogo dentro de um estúdio de ioga em Tallahassee, capital da Flórida na noite de sexta, 2. Scott Paul Beierle tem 40 anos e deixou dois mortos e cinco feridos. Ele tirou a própria vida após o ataque.  

Nancy Van Vessem, de 61, e Maura Binkley, 21, foram as outras vítimas. As mulheres foram levadas a um hospital local, mas não resistiram.

De acordo com o jornal local "Tallahassee Democrat", Van Vessem era profissional da saúde e professora na Universidade do Estado da Flórida, enquanto Binkley era uma estudante da mesma instituição de ensino.

A polícia afirmou que duas vítimas estão em condição estável e três já receberam alta do hospital local. Já foram ouvidas 40 pessoas, mas as autoridades ainda desconhecem a motivação do ataque.

"Toda a evidência indica que se trata do ato de uma só pessoa”, disse o chefe de polícia de Tallahassee, Michael de Leo. / EFE

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.