Polícia identifica mais cartas suspeitas para senadores

Outras correspondências suspeitas enviadas para senadores norte-americanos foram encontradas nos Estados Unidos, afirmou a TV Bloomberg. A polícia do Capitólio está investigando um pacote suspeito deixando no terceiro andar do edifício Russell do Senado, em Washington. Segundo a TV, outra carta suspeita foi enviada ao escritório do senador Carl Levin em Michigan.

Agência Estado

17 de abril de 2013 | 14h01

Após a identificação do pacote no edifício Russell, a polícia fechou parte do prédio perto dos escritórios do senador Richard Shelby, afirmou a emissora. Não houve retirada de pessoas dos escritórios devido ao aumento da segurança. Os policiais afirmaram que eles estavam orientando as pessoas a evitarem o átrio do edifício Hart do Senado.

O edifício Hart abriga metade dos 100 senadores dos Estados Unidos. O restante tem gabinetes nos edifícios Dirksen e Russell. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
EUAsenadoresricinacorrespondência

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.