Polícia identifica suspeito de incendiar ônibus na China

A polícia chinesa identificou o suspeito de ter provocado um incêndio em um ônibus comunitário em Xiamen na sexta-feira, 7, matando 47 pessoas e ferindo outras 34. Segundo a polícia, Chen Shuizong, um residente local que nasceu em 1954, colocou fogo no ônibus, quando o veículo passava por uma rodovia elevada em Xiamen no horário de rush. Não está claro se o corpo de Chen está na contagem das vítimas.

ASSOCIATED PRESS, Agência Estado

08 de junho de 2013 | 12h32

A polícia confirmou a identificação após uma investigação no local, entrevistas e exame de evidências, incluindo DNA, afirmaram autoridades locais. A polícia encontrou na casa de Chen um carta que falava sobre suicídio. Ele estava descontente com sua vida e provocou o incêndio para desabafar sua raiva, acrescentaram as autoridades de Xiamen.

Mais conteúdo sobre:
Chinaincêndioônibus

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.