Polícia identifica suspeito por tiroteio nos EUA

Uma fonte na polícia norte-americana identificou hoje o homem suspeito de abrir fogo ontem à noite no interior de uma academia de ginástica nos Estados Unidos, matando três mulheres e se suicidando em seguida. O suspeito foi identificado pela fonte como George Sodini, um homem de 48 anos que vivia em Carnegie, nos arredores de Pittsburgh. Ele morava a apenas alguns quilômetros do local do ataque, em Bridgeville, uma pequena comunidade na periferia de Pittsburgh. Uma página na internet com textos supostamente publicados em nome de Sodini continha mensagens incoerentes sobre problemas com mulheres e desabafos por causa da rejeição feminina.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.