Polícia incinera uma tonelada de cocaína em El Salvador

Droga estava sendo transportada de lancha por colombianos para a Guatemala

Agencia Estado

19 Junho 2007 | 11h05

As autoridades de El Salvador incineraram nesta sexta-feira, 15, mais de uma tonelada de cocaína, confiscada de seis colombianos que a transportavam em uma lancha, tendo Guatemala como possível destino.Os 950 pacotes de cocaína, totalizando mais de mil quilos, foram encontrados em cinco compartimentos de uma lancha que saiu do porto San Buenavantura, na Colômbia. A droga teria valor aproximado de 26 milhões no mercado negro, segundo a divisão antinarcóticos da polícia salvadorenha.A destruição da droga foi supervisionada pelo juiz César Astolfo Espino, encarregado do processo judicial contra os narcotraficantes colombianos. "O importante é que se está mandando uma mensagem, destruindo a apreensão, que afinal de contas representa um golpe ao narcotráfico", declarou o diretor da Polícia Nacional Civil Rodrigo Avila.O carregamento foi interceptado logo que aviões detectores do Centro de Monitoramento dos EUA no país abordaram lanchas "suspeitas" nas águas territoriais salvadorenhas e iniciaram a perseguição.Ao perceber a presença do avião, os colombianos tentaram desembarcar em um porto a 120 quilômetros ao sudeste da capital, próximo à fronteira com a Guatemala, onde foram capturados.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.