Polícia invade sede de rádio crítica a Correa

A polícia equatoriana invadiu ontem a sede da Rádio Moreno, em Quito. Os policiais cumpriam uma determinação do Conselho Nacional de Telecomunicações, que acusa a emissora de ocupar local irregular e de não pagar corretamente a concessão. Funcionários da rádio relataram por meio do Twitter que foram agredidos pelos policiais. O governo de Rafael Correa tem relação tensa com a imprensa.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.